50 toneladas de animais incinerados este ano, até outubro, na Madeira

A Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos da Meia Serra recebeu quase 50 toneladas de cadáveres de animais domésticos e errantes desde 2016, ano que entrou em vigor a lei que proíbe a eutanásia de cães e gatos;

Em 2018, a informação recolhida pela Águas e Resíduos da Madeira, com dados até outubro, indica que nos primeiros 10 meses do ano a Estação da Meia Serra recebeu 15,50 toneladas de cadáveres de animais domésticos e errantes;

A ANIMAD manifestou a sua inquietação medicante alores que considera serem demasiado altos. “A ANIMAD afirma que se continuam a matar animais na região”, defendeu Orlando Vieira.

Fonte: JM Madeira

Deixe um Comentario

Campos obrigatorios *

*