A nossa Luna desapareceu durante a noite passada do nosso quintal.

É uma labrador retriever preta com dois anos e meio.

Tem uma coleira castanha e alguns pelos brancos na barriga.

Ela não está acostumada a sair de casa e a estar sozinha na rua.

Se souberem alguma coisa informem por favor.

Temos aqui 3 crianças angustiadas à espera de noticias.

São Bernardo tlm 932231728

Pedro Duarte

One comment

  1. Sobre a questão das monoculturas e seus malefícios não é só a Monsanto e quejandos que deverão ser denunciados. Temos no nosso país um gravíssimo problema, com o que se passa no Alentejo, proporcionado pela água do Alqueva, que quase nenhum relevo tem tido na comunicação social e comentadores. Trata-se da ocupação dos solos com olival intensivo e super-intensivo por parte de grandes interesses principalmente espanhóis que para além da destruição de solos que provoca e do excesso de usos de águas, é precedido de arranque do que ainda resta da floresta mediterrânica sobreiro e azinheira. Precisamente, enquanto se celebra a Árvore do Ano no espécime de sobreiro, no Alentejo prossegue a devastação dos que ainda restam. Contudo, os poderes públicos também os partidos políticos -, muito preocupados, agora, com a limpeza dos quintais das habitações no Alentejo não vão estes provocar mais incêndios no Centro e Norte do País nada fazem para parar isto, mais, nem tampouco se ouve qualquer posição sobre o assunto. Sim, Ana, o ataque sistemático contra a natureza e o ambiente prossegue; esquecendo o homem que não poderá ganhar essa luta porque, mesmo ganhando, perde-a.

Deixe um Comentario

Campos obrigatorios *

*