Patinhas Unidas

Olá boa tarde, venho aqui escrever sobre estas duas meninas.

Mãe e filha, a mãe (bêge) é Labradora pura, foi doá-da porque teve uma infeção nas orelhas e ficou assim com elas pequeninas o que faz com que não pareça Labradora.

Estas duas cadelas estão num campo ao lado do Hospital de Vieira do Minho.

Elas supostamente têm dono, mas eu nunca vi nenhum ser humano neste campo apenas as duas cadelinhas, não é que estejam a ser mal tratadas ,só que nem mal ,nem bem, simplesmente não têm tratamento nenhum.

Têm uma casota de madeira no fundo do campo para dormirem e lixo para lhes fazer companhia.

São duas fêmeas e é isso que me preocupa, a cadelinha preta é filha da primeira ninhada da Labradora as crias dessa primeira ninhada foram todos “roubados” ou seja é só chegar ao campo pegar e andar.

E a Labradora teve agora a segunda ninhada.

Ontem quando estava a passar no campo vi dois cachorrinhos com 8 dias a serem arrastados ,apertados ,mordidos pela irmãzita mais velha que só queria brincar.

Sucedido, quando cheguei lá já estava um com a espinha partida cheio de terra na boca e um sem reações.

A cadelinha não fez por mal, simplesmente não tem noção e só quer brincar.

E tendo as duas um espaço tão confinado para dormir e normal que ela pise aperte os cãezinhos já para não dizer que quer a atenção da mãe para ela.

Eu não sei o que fazer isto parte-me o coração retirei os dois bebés do meio do campo porque ia começar a chover um deles tive de o levar à vet e o adormecer pois estava em grande sofrimento o outro lá ficou sozinho com a mãe e a irmã 😭 sabe-se lá o que pode acontecer por ser tão pequenino.

Ajudem-me digam-me o que fazer neste caso já não são as primeiras cadelas a passar por este campo. Antes tinha lá um cãozinho do qual ainda tenho fotos que foi levado para longe e abandonado no Mosteiro perto daqui.

Estas pessoas não deviam ter cães e muito menos cadelas que fazem criação 😓
Não sei o que fazer.

Contato: https://www.facebook.com/marta.vieira.7524?fref=nf

Marta Alexandra Vieira Silva

Deixe um Comentario

Campos obrigatorios *

*